(021) 2431-3403    |    contato@visionrio.com.br    |   

Dia Nacional de Combate ao Colesterol – Colesterol alto pode trazer diversos problemas, inclusive para a visão

O Dia Nacional de Combate ao Colesterol, comemorado anualmente em 8 de agosto, é uma forma de conscientizar e prevenir a população para doenças cardiovasculares e até oculares por meio de campanhas educativas. Quando o colesterol está alto, como se diz popularmente, torna-se um fator de risco cujas consequências pode ser gravíssimas, como um ataque cardíaco (infarto) ou um acidente vascular cerebral (AVC).

Mas o que de fato significa colesterol?

Poucos sabem, mas o colesterol é uma substância gordurosa natural e importantíssima no nosso organismo. Parte nós produzimos e parte nós consumimos através da alimentação. O colesterol pode atuar na composição da membrana celular e na formação da vitamina D; ajudar na produção de ácido, sais biliares e alguns hormônios; ser ingrediente de um bom desempenho cognitivo e cerebral etc. Ou seja, possui funções vitais.

Classificamos essa substância em dois tipos, ambos transportados no organismo pelas chamadas lipoproteínas. O primeiro tipo é o HDL, sigla das Lipoproteínas de Alta Densidade. É responsável por retirar o excesso de colesterol da circulação e levar de volta ao fígado, que vai excretar ou reutilizar essa gordura. Por isso o HDL é considerado o “bom” colesterol. Já o LDL, Lipoproteínas de Baixa Densidade, faz o caminho inverso: transporta o colesterol produzido pelo fígado para as células. Porém, se as células não aproveitarem o excesso de LDL na circulação, o risco dessa gordura em abundância entupir as artérias aumenta e pode caracterizar um quadro de arteriosclerose.

O tratamento não medicamentoso de um quadro com altos níveis de colesterol é fortemente baseado em alimentação saudável (rica em fibra e pobre em gordura), atividade física e em evitar fatores de risco como obesidade, diabetes, hipertensão, consumo exagerado de bebida alcoólica e tabagismo. Mas a prevenção ainda é o melhor remédio. O descontrole do colesterol pode levar à diversas doenças cardíacas e até prejudicar a visão.

Como o colesterol prejudica a visão?

Algumas doenças da retina, associadas à hipertensão e ao diabetes são causadas pelo aumento dos níveis de colesterol e pode levar a uma oclusão de vasos oculares, com risco de perda visual severa ou até definitiva. Uma condição ocular associada ao colesterol é a chamada sínquise cintilante, que consiste no acúmulo de cristais de colesterol no humor vítreo – substância gelatinosa e viscosa, localizada entre o cristalino e a retina sob pressão, de modo a manter a forma esférica do olho. O colesterol alto também pode se manifestar na região das pálpebras em forma de placas gordurosas e amareladas, chamadas Xantelasmas. São lesões que costumam ser indolores, porém bastante incômodas e somente tratadas com cirurgia.

Estes são exemplos do que o excesso de colesterol no organismo pode provocar. Tanto a ocorrência de doenças vasculares obstrutivas quanto a incidência de “infartos” e “derrames” nos olhos, causando baixa de visão repentina e até total. Em quaisquer destes casos, consulte o médico oftalmologista imediatamente. Cardiologistas e nutricionistas auxiliarão no controle global do quadro.

Fonte: Medical Site