(021) 2431-3403    |    contato@visionrio.com.br    |   

O que é celulite orbitária?

Conceito
O globo ocular está localizado numa cavidade óssea chamada de órbita. Quando essa região infecciona, desencadeia o que chamamos de celulite orbitária. Normalmente é uma condição grave, pois a infecção se espalha, afetando não apenas os olhos, mas também todas as regiões ao redor, como os seios paranasais (espaços ocos localizados entre os ossos do crânio e da face), as sobrancelhas, a boca, os dentes e até a corrente sanguínea. A celulite gera uma aparência inflamada e se não for tratada logo, pode levar à cegueira.

Causas
Entre as causas mais comuns na população adulta estão: lesão ou cirurgia na área e calázio ou picada de inseto na pálpebra. Nas crianças pequenas a causa geralmente está relacionada a um organismo chamado Haemophilus influenzae – uma bactéria Gram-negativa que pode causar infecção sinusal no trato respiratório, espalhando-se para outros órgãos. Crianças correm mais risco de contrair a doença e por isso devem receber atenção médica imediatamente caso sejam atingidas.

Sintomas e Diagnóstico
Os sintomas da celulite orbitária incluem olho projetado e dolorido; hipersensibilidade com alta temperatura ao redor do olho atingido; pálpebras inflamadas e inchadas; febre; mal-estar; dores de cabeça; coriza; visão dupla e/ou turva. Para fazer um diagnóstico correto, o médico investiga o histórico clínico do paciente, questionando sobre hábitos alimentares, uso de medicamentos e lentes de contato, além de histórico familiar de diabetes. No segundo momento, o profissional deve solicitar exames como hemograma completo, tomografia computadorizada ou ressonância magnética das mamas e da órbita, raios-X dos olhos e da órbita, até uma punção lombar em crianças muito doentes.

Tratamento
Como a doença tem uma evolução rápida, muitas vezes pede internação hospitalar e tratamento imediato. A administração de antibióticos é primeira alternativa para controlar a infecção, antes mesmo do diagnóstico oficial. Se o paciente tiver sinusite, descongestionantes são administrados junto com os antibióticos para drenar os seios paranasais. Ao mesmo tempo, diuréticos ou colírios são fornecidos para diminuir a pressão dentro do globo ocular. A cirurgia é uma opção para drenar o acúmulo de pus na região infectada.

Prevenção
Nos adultos, prevenir significa tratar infecções dos seios da face ou dos dentes tão logo surjam, antes que se espalhem. Já as crianças devem ser protegidas com a vacina Hib B, que age bem contra a maior parte das infecções por Haemophilus influenzae.

Fonte: Medical Site